ti-enxame.com

Boa distro para uma VM?

Eu quero um Linux leve VM que posso executar com VirtualBox no Windows para que eu possa testar como implantar PHP, aplicativos Mono, etc. não preciso da IU e estava pensando em usar o ISO do servidor Ubuntu. Essa é uma boa escolha? Sei que também posso baixar um VM pronto) e é tentador. O que a comunidade acha ?

16
tooshel

Altamente recomendado servidor ubuntu. O modo de servidor não vai colocar muito do que você realmente não precisa, se houver. Eu executo o Ubuntu em vários servidores e sempre fui feliz com isso.

Você também encontrará toneladas de suporte online que são relevantes para a sua distribuição. O conselho do Linux geralmente traduz de uma distro para a próxima, mas os caminhos dos diretórios costumam ser diferentes. O Ubuntu tem uma grande base de usuários, o que geralmente significa mais facilidade para descobrir o que está errado.

16
kāgii

Vá para SuseGallery e faça uma busca rápida por Mono e você encontrará JEOS Mono ASP.net que já está configurado para a maioria do que você deseja. Já é uma VM, basta fazer o download e pronto. É o que acabei de começar a usar para alguns testes de migração ASP.net no Windows com VirtualBox. Você precisará iniciar o Apache. Se você quiser configurar o encaminhamento de porta, usei os seguintes comandos para abrir o tráfego SSH e HTTP:

c:\>vboxmanage modifyvm "<VMName>" --natpf1 "guestssh,tcp,,2222,,22"
c:\>vboxmanage modifyvm "<VMName>" --natpf1 "guesthttp,tcp,,8080,,80"
6
Larry Smithmier

Para começar com Linux em uma VM, eu recomendo o Ubuntu. Para um servidor, esqueça o Ubuntu Server e use o Debian em seu lugar. Eu usei os dois, então não me julgue, por favor.

Se você instalar o Debian, instale apenas o Debian limpo -> CLI e nada mais. Ele inicializa muito rapidamente e consome apenas alguns MB de RAM. (x32 estava consumindo apenas 16-32 MB de RAM e x64 estava levando cerca de 48-80 MB ao inicializar). Seja o que for que você precise, basta instalá-lo mais tarde e ainda é muito rápido e quase não ocupa memória. Ubuntu deriva do Debian. Portanto, se o seu Debian tiver problemas, você pode resolvê-los nos fóruns do Ubuntu, o que é uma grande vantagem.

Ao comparar o Debian e o Ubuntu Server: O Ubuntu Server inicializa mais lento/mais tarde. O consumo de RAM era muito maior no Ubuntu Server quando comparado ao Debian. Além disso, se você fizer uma instalação limpa do Ubuntu Server, ele instalará de dois a trezentos pacotes, enquanto o Debian instala apenas de 50 a 90. O Ubuntu comum instala cerca de 1300 pacotes e o Debian de desktop comum instala de 900 a 1100 pacotes.

O Ubuntu Server usa versões mais recentes de pacotes, mas também complica as instalações e a compilação de alguns aplicativos estáveis. Se você deseja um servidor estável e deseja maximizar a RAM livre, escolha o Debian.

Essa é minha experiência. Não estou dizendo para não usar o Ubuntu de forma alguma, mas para servidores eu prefiro o Debian, mesmo se você for novo. Em desktops, tive problemas com o Debian, enquanto as instalações do APT da web funcionavam sem problemas no Ubuntu. Ubuntu também tem mais pacotes e pacotes mais novos. Por outro lado, quando tentei remover automaticamente algumas bibliotecas do Ubuntu, ele instalou absolutamente tudo.

Hoje em dia eu uso o desktop Lubuntu no Virtualbox. Se você odeia a velocidade lenta do Ubuntu, mas não quer usar o Debian, use o Lubuntu. Significa "Baixo Ubuntu" e destina-se a PCs lentos, por isso é mais rápido que o Ubuntu comum. Eu acho (mas não tenho certeza) que o Lubuntu usa os mesmos pacotes do Ubuntu. Antes do Lubuntu eu usava o Xubuntu, porque era mais rápido que o Ubuntu também.

Além disso, o Ubuntu precisa de cerca de 4,5 GB de espaço. Para debian, há partição suficiente de 2 GB. Temos um pequeno VM para TeamPeak, Ventrillo e assim por diante. Apenas 256 MB de RAM, x32 Debian e uma partição de 2 GB - o suficiente, só isso. Eu posso te dizer - este é o mais estável, não é o mais novo, mas para o servidor - a melhor opção para mim.


Editar:

Fiz alguns testes para verificar a potência da CPU no Virtualbox, KVM, servidor VMware 1 e servidor VMware 2.

O mais rápido é o KVM, depois o Virtualbox, o servidor VMware 2, o servidor VMware 1 e, finalmente, o QEMU. KVM tem o menor custo para a CPU. Leva menos% da cpu para virtualizar a energia para VM do que para outros, porque KVM é um módulo dentro do kernel Linux. Os outros são apenas aplicativos executados na camada do sistema operacional.

Portanto, se você deseja virtualizar com maior potência e menor degradação de desempenho, use KVM. Não tentei testar o desempenho dos aplicativos VMware ESXi e Citrix Xenserver. Mas, se você quiser usar um hipervisor bare metal, o mais rápido será o Xenserver ao usar VMs apenas com Linux. Se você deseja usar VMs do Windows e VMs do Linux e se preocupa com o desempenho, use o ESXi.

O problema é que se você quiser usar KVM com seu desempenho, você precisa ter uma CPU com instruções Intel VT-X ou AMD-V. KVM pode ser executado em um modo diferente sem estas instruções. mas é muito difícil configurá-lo. O Virtualbox pode usar VT-X ou AMD-V e é muito amigável. O servidor VMware 2 sabe disso apenas experimentalmente; você precisa configurá-lo por meio de um comando e o servidor VMware 1 é mais lento. Nunca testei o VMware player, é muito simples para mim. Pode haver uma diferença de desempenho entre o servidor VMware 2 e o Virtualbox, mas as opções de configurações são muito baixas para mim, e ao escolher entre o Virtualbox ou o player VMware, eu escolheria o Virtualbox.

4
MIrra

Eu recomendo usar o servidor VMWare e qualquer distro (eu uso CentOS). A razão é que existem centenas de VM pré-construídas disponíveis no site dispositivos VMware . VMware é uma boa plataforma de virtualização e é gratuita.

por exemplo: pilhas LAMP do Ubunt em vários sabores.

0
gbjbaanb